terça-feira, 6 de setembro de 2011

Engraçado é que, ao me ver com a cabeça repousada no braço, os olhos distantes em um paraíso, fixos em horizontes belos como se o sol estivesse se pondo tão perto, você me pede atenção, pergunta o que tenho. O que não sabe é que em muitas das vezes eu só estava pensando em você...
- E em algo que nos trouxesse mais perto, que fosse você e não o sol.