quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Poema para o sol que nasce

Escrevo agora
Vendo o sol nascer
(Lembrei que desejava
A luz do sol para os teus olhos)
Pontual e marcante
É o céu aberto
E o sol, dessa vez
Chegou atrasado
Pensei em você
A noite inteira.