quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Insônia

Bateu a saudade
Vou chorar baixinho
Que é para ninguém escutar
Que é para você não acordar
(Do meu sonho)
E continuar dormindo
Ao meu lado.