sábado, 6 de novembro de 2010

Queria dizer que, antes de ser aquela pessoa que te faz feliz, eu não vou deixar você ficar triste. Se um dia a chuva atingir suas costas, e você se sentir só tendo apenas dois braços que encurtam a te aquecer, me chame. Eu prometo ser aquela pessoa que vai te ver e sentir o seu coração bater a cinco metros de distância, sabendo dizer se você está triste mesmo por trás do seu sorriso. Então, caso perceba, com a ponta dos dedos em seu queixo subo para o seu rosto, e segurando-o com a mão direita, vou dizer enquanto olho firme nos seus olhos: "Vai ficar tudo bem." E meus olhos serão tão repletos de certeza e de magia que, ao te olharem, vão emanar uma luz bonita como raio de sol avermelhado, por onde borboletas de todas as cores passariam. Nessa hora, pode ser que eu esconda uma lágrima, porque me doeria tanto te ver triste, mas como se fosse combinado você viria em minha direção, e eu me renderia a esse abraço, tendo o seu rosto encostado no ombro e os olhos firmemente fechados, para que não veja, não pense nem aja, mas esteja ali somente para te sentir. E claro, que esteja ali. Se isso acontecer um dia, vai ser de uma forma que eu não precise falar, mas mesmo assim eu digo, amor: Ei, eu estou aqui.