terça-feira, 26 de outubro de 2010

Eu queria sofrer te vendo passar do outro lado da rua. Como da última vez, quando você chegou correndo, com a mochila carregada em um dos ombros e o rosto estava molhado. Eu queria sofrer ao te ver de longe. Eu só queria te ver. Queria sentir a sua ausência de alguma forma que tivesse a certeza de que você estaria pelo menos ao meu alcance. Queria você por perto, com o mesmo sol que eu no rosto. Queria sua voz do outro lado da linha, sua imagem sem que seja a fantasia da minha cabeça, te avistar agora mesmo que a 300 metros de distância. Se nada disso der certo, que eu queira pelo menos não sentir saudade, que eu queira não mais te querer tanto.