segunda-feira, 27 de julho de 2009

...Que se chama amor

O homem é burro e falha dando todo seu amor a quem ele quer, quando numa dessas chuvas de verão a vida traz quem merecia esse amor. Cuspo em cima desses amores de Picasso, essa paixão cubista que a humanidade venera no auge da sua tirania depravada, que se chama amor.

Miguel Alcântara