quinta-feira, 23 de julho de 2009

Comprometida

Vem assim, do lençol, embebida
Vem cair adormecida
Vem com boca ou saliva
Pra mim, gozando a vida.

Vem de colo, vem caindo
Vem chorando, vem sorrindo
Vem corada, vem despida
Vem pra mim, comprometida!

Vem cruel, vem severa
Vem ser presa, vem ser fera
Vem de fogo, apaixonada
Vem pra mim arrebatada!

Vem no risco, fazer escondido
Vem no preço do perigo
Vem com flores, no libido
Vem agora, vem comigo.

Vem pelas mãos, vem forçada
Por paixão, vem calada
Por tesão, vem safada
Por mim, vem por nada.

Vem na cama, vem na lama
Vem na praia, no deserto
Vem pra mim, fazer errado
Que errando eu faço o certo.

Vem trair, vem de aventura
Vem no quarto, no meio da rua
Vem de corpo, vem nua
Vem uivar, pra ver a lua.

Vem de alma, sem pensar
Trai o céu com o luar
Trai a areia pelo mar
Vem pra mim, vem namorar.

Vem comigo, que ainda eu quero
Vem depressa, eu te espero
Vem traindo, arrependida
Vem agora, por toda a vida!

Vem trocar, vem ser minha
Vem de gosto, vem molhada
Vem romântica, deprevada
Vem pra mim, é tudo ou nada!
Miguel Alcântara