quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Razão De Uma Poesia

Por ti eu vivo a vida
E vivo a morte também
O meu amor, quando falo
Das palavras vai além

Por ti eu saúdo as ondas do mar
E nado todo o oceano
Além da vida vou te amar
Além do amor é que eu te amo

Mas que pena! – eu perdi
Meus versos na areia ainda são teus
Nos teus olhos vais sentir
O mar salgado que invade os meus

E não sabes da saudade
A dor que tenho da tua ausência
De sentir-te à vontade
Derramar em prosa tua essência

Já não posso ver o mar
E a saudade vai doendo
Se pra sempre for te amar
E pra sempre for sofrendo

Vou jurar eternas glórias
Da maior paixão já vivida
Vou gozar das minhas vitórias
Querendo-te apenas, e amando a vida.

Laura Vianna